Arquitetura Indiana: Templo de Lótus

O Templo de Lótus localizado em Nova Délhi é uma das maiores obras arquitetônicas do mundo.
O projeto foi idealizado pelo arquiteto Farizborz Sahba e inaugurado em janeiro de 1987. O arquiteto gastou 10 anos entre o desenho e execução do projeto devido à complexidade do templo.
O templo é uma casa de adoração da religião Bahá’i e foi financiado quase que totalmente por um único homem: Ardeshír Rustampúr (empresário indiano e devoto de Bahá’i).
Essa obra arquitetônica inspirada em uma flor de lótus, é composta por 27 pétalas em 9 lados e rodeada por 9 piscinas. O templo é construído em concreto e revestido em mármore grego.
Esse projeto recebeu diversos prêmios internacionais, como em excelência da Instituição de Engenheiros Estruturais (1987) e um prêmio de arquiteto da GlobArt Academy em Viena (2000).
.
EN
.
The Lotus Temple located in New Delhi is one of the greatest architectural works in the world.
The project was designed by the architect Farizborz Sahba and opened in January 1987. The architect spent 10 years between the design and execution of the project due to the complexity of the temple.
The temple is a house of worship for the Bahá’i religion and was financed almost entirely by a single man: Ardeshír Rustampúr (Indian businessman and Bahá’i devotee).
This architectural work inspired by a lotus flower, consists of 27 petals on 9 sides and surrounded by 9 pools. The temple was built in concrete and covered in Greek marble.
This project received several international awards, such as excellence from the Institution of Structural Engineers (1987) and an architect award from the GlobArt Academy in Vienna (2000).

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *